Colposcopia

Colposcopia? Mas que exame é esse? Essa é uma pergunta frequente, visto que esse exame não é tão conhecido como ultrassom ou tomografia, porém se trata de um grande aliado na prevenção do câncer de colo uterino.

Muitos pacientes ficam cheios de dúvidas quando recebem a solicitação desse exame, e minha intensão com esse artigo é tentar sanar essas questões.

Em primeiro lugar é importante saber para que serve a colposcopia. Quem já fez ou aguarda para fazer sabe que em geral está relacionado com alguma alteração no exame preventivo de Papanicolau ou no colo do útero quando o médico foi examinar. Esse exame serve justamente para isso, confirmar alguma suspeita de lesão causada pelo HPV que tenha aparecido  no Papanicolau ou durante uma consulta de rotina.

Mas por que esse exame é necessário se já fiz o Papanicolau? O Papanicolau é um exame que observa as células retiradas do colo do útero em busca de possíveis alterações causadas pelo HPV, porém, ele pode vir alterado por outras coisas como relação sexual recente, corrimento ou menstruação. Por isso quando vem alterado, a colposcopia é necessária para confirmar o achado. Através da colposcopia o médico é capaz de visualizar o colo do útero e analisar a possível área alterada.

Então por que não faz direto a colposcopia? Essa é outra pergunta comum. Se esse exame é mais preciso por que não fazer já de cara? Pelo nível de complexidade, a colposcopia só é feita por médico ginecologista, requer equipamento avançado e é bem mais caroa. Portanto o ideal é reservar para os pacientes como suspeita de lesão.

E como é feita a colposcopia? Para a paciente o exame é bem parecido com um Papanicolau. Fica na posição ginecológica da mesma forma. A diferença que em vez de apenas passar a “escovinha” no colo do útero para coletar as células, o médico vai olhar o colo do útero através de um aparelho chamado colposcópio, que amplia a imagem e com ajuda de alguns produtos permite o profissional identificar áreas com possíveis lesões causadas pelo HPV. Nesse caso permitindo a realização da biópsia na localização exata onde tem mais chance de encontrar a alteração.

Onde se faz colposcopia? Dependendo da região, esse é um exame que pode ser realizado em laboratórios, mas em geral é feito por ginecologista no próprio consultório ginecológico. Por conta disso muitas pessoas têm dificuldade de agendar o exame, tentando em clínicas de imagem ou laboratórios. O ideal é pedir a orientação do próprio ginecologista que solicitou o exame para saber onde que ele prefere que seja feito.

Sempre é feito biópsia durante a colposcopia? Nem sempre. Muitas vezes o médico encontra o colo uterino completamente saudável durante o exame e nesses casos a biópsia não é necessária. O que é algo muito bom, pois mostra que a paciente está saudável. Mesmo assim a paciente vai receber o laudo do exame para mostrar ao médico que solicitou e caso tenha feito biópsia, o resultado da biópsia deve ser levado junto.

Com o exame em mãos, o ginecologista vai poder dizer o que está alterado no colo uterino e qual a melhor estratégia para dar seguimento ao atendimento.

2020-06-22T15:56:07+00:00